Buscar

O que são soft skills?

Se você nunca ouviu falar em soft skills, já deve ter ouvido falar em habilidades socioemocionais ou em inteligência emocional, estão interligados. São aquelas habilidades que estão diretamente relacionadas com as habilidades desejadas no profissional do século XXI.


Ao contrário das “hard skills”, habilidades técnicas desenvolvidas a partir do aprendizado formal, como um curso, por exemplo, as soft skills são desenvolvidas ao longo da vida, e dizem respeito as emoções e as formas de lidar com elas e com os outros. Essas habilidades podem ser criatividade, senso crítico, trabalho em equipe, capacidade de resolução de problemas, colaboração, comunicação, senso de liderança, inteligência emocional, entre outras características que envolvem a capacidade de relacionamento com terceiros e com você mesmo, sendo o autoconhecimento fundamental nesse processo.





Por que as soft skills são importantes? Você sabe lidar com suas emoções? Já parou para pensar nisto? As soft skils são muito importantes para nos ajudarem a ter uma consciência de saber lidar com as nossas emoções.


Desenvolver nossas habilidades comportamentais, mentais, emocionais e sociais,tais habilidades são intrínsecas à personalidade, podendo ser inatas ou desenvolvidas ao longo da vida.


O psicólogo Daniel Golemam, autor do livro “Inteligência Emocional” afirma o

seguinte em sua obra: “habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação são todas competências baseadas na inteligência emocional e que distinguem profissionais incríveis dos medianos”.Para Goleman falta para esses jovens o relacionamento com o outro, que ele chama de traços e comportamento.


Quem souber fazer uso destas habilidades obterá mais êxito a seu favor, tanto em sua carreira profissional como em lidar com pessoas. Hoje sabemos que empresas buscam por profissionais no mercado que tenham diferenciais, como pessoas que falam uma ou mais línguas estrangeiras, que dominem o mundo da tecnologia e claro que sejam pessoas equilibradas, que saibam lidar com suas emoções, que possam entender o outro e até trazer um equilíbrio no ambiente de trabalho. Vivemos em uma era de muitos problemas e principalmente de problemas emocionais, os quais podem levar uma pessoa a perder tudo: seu emprego, sua família, seus amigos, e tudo porque?


Por não saber gerenciar o que sente. Hoje vemos o descontrole de um adolescente quando rompe o namoro com sua namorada, para ele ou ela, isto é o fim, e alguns tentam até o suicídio. O adolescente até entendemos um pouco, por todas as fases que estão atravessando até de autoafirmação, para alguns é tudo 8 ou 800. Mas e o adulto? Que já passou pela fase da adolescência, e que não está mais enfrentando seus problemas internos. O que dizer? O que temos assistido de adultos perderem o controle é algo impressionante. É notório que não tenham um controle de suas emoções e nem um equilíbrio para enfrentar as situações do dia a dia.


O que está levando as pessoas a tais reações? O mundo que vivemos? As crises

econômicas que atravessamos? As perdas por outras pessoas? A falta de religiosidade? A falta de amor? Enfim são muitas perguntas que nos levam a pensar: Se fossemos treinados a saber lidar com as nossas emoções tudo seria diferente, teríamos mais entendimento de nós como pessoas, entendimento em relação ao outro, empatia pelo outro e acredito nos colocaríamos no lugar deste outro. Por estas razões precisamos buscar as soft skills com o desejo de nos tornarmos seres melhores, seres que estariam habilitados a conviver com outros em harmonia, entendimento e comunicação.


Como podemos desenvolver as Soft Skills na educação?


Os processos de educação formal possuem um papel fundamental no desenvolvimento das soft skills. Elas podem aparecer no ensino de forma transversal e integrada a outras atividades como:


- Dinâmicas e atividades em grupo: ao realizar atividades em grupo, os alunos são capazes de interagir e discutir uns com os outros, criar alternativas sobre alguma situação, colaborar uns com os outros.


- Criação de histórias: essa atividade pode ser desenvolvida em qualquer faixa etária, na forma escrita, desenhada, oral...o importante é deixar fluir a imaginação. Os alunos podem criar uma história baseada em alguma temática. Um dos alunos pode iniciar a história e os demais irem completando-a. A partir disso todos participam, exercitam a criatividade e as habilidades de comunicação.


- Fazendo as perguntas certas ao invés de respondê-las: muitas vezes no processo de ensino-aprendizagem a tendência do educador é de apontar os erros dos alunos, desconsiderando-as como parte do aprendizado. Ao invés de apontar os erros dos alunos, uma alternativa é respondê-los com outras perguntas que os levem a um processo reflexivo e investigativo. Essa prática simples pode ser uma grande aliada na construção do senso crítico dos alunos.


As alternativas são diversas e podem estar associadas a metodologias ativas que coloquem os alunos como protagonistas em seu processo de construção de conhecimento. Deste modo, a educação torná-se uma grande aliada no processo formativo das soft skills, habilidades essenciais a longo prazo.


Impactos das soft skills no desenvolvimento da criança


Aprimorar as habilidades das soft skills desde pequeno para que as crianças possam interagir entre si de uma forma saudável e positiva, este é o futuro.


Desenvolver tais habilidades na infância irá permitir uma convivência harmônica e equilibrada deste ser em formação em sociedade. Como os ajudar a desenvolverem essas habilidades? Partindo do princípio que as habilidades sociais não nascem com o indivíduo, elas precisam ser aprendidas pelo contato com situações onde a criança estará inserida. O papel da família é de extrema importância para o desenvolvimento das habilidades sociais, pois é neste convívio que tudo se inicia.


Por isto a importância do trabalho da família e escola na formação da criança. O aluno precisa conhecer e saber respeitar as diversidades de culturas existentes, assim ele verá o mundo sob outra perspectiva e saberá entender que nem todos tem a mesma cultura, e que tudo bem, pois cada um tem a sua, e que isto precisa ser respeitado e aceito.


Favorecer e estimular a participação em grupos coletivos na escola, isto o ajudará a se comunicar, a ter cooperação,ter empatia, e isto o ajudará a lidar com suas próprias emoções e frustações.


É muito importante essa criança ter o feedback e o diálogo como formas a desenvolver sua soft skill social. Desde cedo a criança precisa entender a colocar sua opinião de forma construtivista, e sempre haver muita comunicação por parte do adulto a orientar em situações diversas tanto positivas como negativas.


O estímulo das habilidades sociais ou soft skills, impactará a criança não somente na sua fase de infância, e sim a ela se tornar um adulto dotado de habilidades que o ajudaram a entender o próximo, a lidar com pessoas, a se entender, saber lidar com as frustações e com suas emoções. Interessante não? Esta será uma criança no futuro que desenvolvendo suas habilidades sociais estará mais preparada para lidar com o mundo lá fora.



Marisa Cleff

English and Spanish Teacher

https://www.linkedin.com/in/marisa-cleff-57762894/













Milena Souza Oliveira é professora de história na educação básica, mestre em Educação pela Universidade Federal de Ouro Preto, especialista em Gestão Eduacional e Práticas Educativas. Entusiasta em aprender novas formas de ensino-aprendizagem e criadora do projeto educacional @inovarparaensinar.

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/oliveira-milena/



90 visualizações

Receba  informações sobre aulas e conteúdos por e-mail

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Pinterest Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn