Buscar

Como estimular a leitura e a educação infantil


Basta que você peça para o seu aluno ler em voz alta e já começam os problemas. A voz sai trêmula, baixa, sem entonação, sem respeitar as pontuações do texto. A sensação que temos é que se começa uma corrida incansável pelo fim daquele parágrafo. Onde está aquele ponto final? Pelo amor de Deus, cadê o fim?

Imagem Freepik

Parece engraçado se não fosse tão preocupante. Como fazer nossos alunos adquirirem o hábito da leitura e o gosto pela coisa? Talvez esse seja a maior preocupação dos docentes que estão alfabetizando as crianças.

Ensinar o aluno a ler, é sem sombra de dúvidas o maior desafio que os educadores encontram nas séries iniciais. Mas ela também pode se transformar na mais fantástica e prazerosa para nós enquanto facilitadores desse processo.

Podemos utilizar métodos tão gostosos e incentivadores que acelerem esse despertar pela criança, fazendo com que ela fique cada vez mais próxima desse estímulo.

O primeiro passo é que essa incitação comece ainda em casa. É necessário que o docente oriente os pais dos alunos a inserirem o mais breve possível a cultura da leitura. Seja antes de dormir, seja no banho, seja na hora da brincadeira. O importante é deixar a criança cada vez mais estimuladas a buscar sozinha um tipo de leitura.

Não podemos esquecer que tudo precisa de um equilíbrio. Forçar atividades constantes de leitura não vão incentivar em nada seus filhos, pelo contrário, é possível que ele crie aversão à leitura e que você como pai, torne isso um processo traumático durante a sua vida escolar.

Como mediadores, pais e educadores precisam apresentar os livros, as histórias e principalmente o mundo da imaginação de seus filhos e alunos, pois sabemos que esse cenário é quase que o principal para que se desperte o interesse de continuar a história.

Outro ponto importante é que os livros disponibilizados aos alunos façam parte do seu contexto atual. Não adianta oferecer a uma criança que está se alfabetizando, um livro que só tenham textos escritos e poucas gravuras. Esse é um momento de construção do conhecimento, quanto mais interessante for o livro, melhor.

O professor precisa investir em histórias contadas em voz alta, com expressões e diferentes entonações da voz. Os livros precisam estar recheados de informações lúdicas e coloridas, despertando a curiosidade em entrar cada vez mais na história.

Toda experiência com aprendizagem é válida, desde que todos os envolvidos saiam ganhando durante o processo. Educar é brotar uma semente que germinará logo mais.

E você? Está fazendo a sua parte nessa construção tão incrível?

#EducaçãoInfantil #Leitura #Professores #Paisecomunidade

0 visualização