top of page

Conheça 5 ótimas oportunidades para atuar na EAD

Já não basta a quantidade de trabalho que os professores costumam levar para casa, agora, eles precisam levar a sala de aula para dentro dos seus lares!


A escola se tornou digital e as possibilidades de trabalho remoto, a partir do uso de plataformas e ferramentas tecnológicas, já são uma realidade cheia de oportunidades!


Quer saber como? Vem comigo que vou te mostrar como pegar uma "super fatia desse bolo" chamado Educação Digital!


Se você é um desses educadores ou profissionais de EAD que acredita que o trabalho educacional ficou mais complicado depois que o ensino a distância se tornou uma realidade tecnológica, então vou te dizer que está deixando passar oportunidades para crescer na carreira e obter mais ganhos.


O que é preciso colocar na cabeça de uma vez por todas, é que o mundo mudou! A internet revolucionou todos os serviços e nossos cotidianos nunca mais serão como antes.


Para só pra pensar, se os bancos, restaurantes, transportes, compras e diversos outros "itens" já vivem a realidade "do a distância", por que com a Educação seria diferente?


Sim! Mudou, não voltará a ser como era antes e agora como educadores precisamos aprender a trabalhar e a gerar, para nós mesmos, mais benefícios profissionais neste novo mercado.


Mas a boa notícia é que nem tudo é só uma grande exigencia de adpataçõ e mudança. Junto com essas novas versões da EAD, vem uma série de oportunidades profissionais que dão mais escolhas aos profissionais de ensino.


Então, se você é um professor que busca mais oportunidades de ganhos ou empreendimentos, siga aqui comigo que vou lhe mostar onde estão as melhores oportunidades para pesquisar, e, quem sabe, incluir no seu plano de carreira.




1. Designer Instrucional para a Educação Corporativa



Uma das oportunidades mais "queridinhas" dos educadores digitais sem dúvida tem sido o Design Instrucional.


Nesta atividade, que possui muitas áreas de atuação, a quantidade de vagas, projetos e oportunidades de trabalho é cada vez maior. Por se tratar de uma função ligada ao planejamento e criação de cursos e treinamentos online, diversas empresas buscam pelos tão queridos denominados "DIs".


O mais interessante dentro dos segmentos do Design Instrucional é a possibilidade de se fazer um plano de carreira inteiro voltado para o desenvolvimento nesta área. De tantas as oportunidades existentes ali.


No entanto poucas empresas no Brasil são especializadas em serviços de formação e informação dentro dessa área. O que faz com que as comunidades profissionais sejam absurdamente unidas, com trocas fantásticas e muitas aberturas para aprender.


Uma das melhores comunidades de Designers Instrucionais que conheço é a "DI", que possui vários canais colaborativos, entres eles o do telegram com muita informação e geração de networking.


Sem dúvidas, entre as Insituições especializadas, lógico, a Mercado EAD segue como múmero1 da lista! Digo isso, por se tratar da única Insituição que oferece as formações com certificação blockchain com validação internacional, o que permite aos alunos trabalharem remotamente em empresas internacionais, ganhando em moeda estrangeira.



2. Coordenação Tecnológica para Instituições de Ensino



Todas as Instituições, principalmente as Acadêmicas, que estão incluíndo o uso de recursos tecnológicos educacionais em seus serviços de ensino, têm buscado por um profissional com competências e inteligências computacionais bem desenvolvidas.


Por isso, quando a escola percebe que um de seus professores tem essas competências, logo foca o olhar naquela profissional para que ele lidere outros educadores rumo ao desenvolvimento tecnológico dentro da Insituição.


Como muito em breve, não teremos mais nenhuma Instituição privada de ensino, sem ambientação virtual para EAD, um profissional que atue coordenando as melhores aplicações e uso de sistemas, plataformas ou softwares, dentro do campo do ensino será essencial.


Mas se você já é esse educador com expertise computacional e está liderando a sala dos professores com novas idéias, sem receber nenhum olhar mais apaixonado da Mantenedora Escolar, a dica que dou é: crie um pequeno projeto de laboratório para inclusão tecnológica na escola. Inclua pesquisas e treinamentos no uso de recurtsos e e leve a proposta!


Muitas diretivas escolares ainda não percebem os benefícios que uma Coordnação Tecnológica pode trazer. Por isso, essa é uma oportunidade que deve ser gerada pelo próprio educador, que tem mais conhecimento na área e pode levar a ideia, de forma consultiva, como possibilidade de criação de uma Coordenação Tecnológica.




3. Produção Digital e venda de cursos e conteúdos acadêmicos


O ensino a distância trouxe uma oportunidade muito boa para professores e educadores que queiram empreender no próprio conhecimento a custos muito baixos.


Através de oportunidades que permitem conciliar o trabalho como colaborador contratado e empreendedor individual, é possível garantir ganhos extras significativos através da criação digital de cursos, materiais didáticos, telas interativas e outros vários infoprodutos educacionais que têm mercado.


Ainda que essa seja uma das áreas mais procuradas nos setores do Design Instrucional, por ter função técnica de produção profissional, muitos educadores podem lançar seus materiais em formato digital para serem comercializados em plataformas de marketplace como Hotmart, Eduzz ou Clube de Autores.


Hoje em dia existem empresas que fazem a ponte entre produtor educacional e aluno consumidor, oferecendo sistemas de gerenciamento de vendas facilitados para comercialização de materiais focados no ensino a distância.


E se, como profissional de educação, você ainda for presente nos canais virtuais, entregando conhecimentos e ajudando pessoas a solucionar problemas reais, aí sim... as vedas serão certas!


4. Tutoria ou Mentoria Online em diversos formatos


Cresce a quantidade de curso online e junto com ela cresce a necessidade de contratação de professores ou profissionais de EAD, que queiram trabalhar com mediação de aprendizagens focadas no sucesso do aluno. É nesse momento que os tutores ou mentores virtuais entram em ação!


Lógico que existem algumas diferenças entre mentoria e tutoria. Enquanto a mentoria é mais direcionada para orientações consultivas personalizadas, com objetivos individuais de desenvolvimento de cada "cliente", a tutoria se relaciona com o acompanhamento dos alunos no decorrer de uma formação formal de ensino.


Em ambas é necessário possuir competências anlíticas, de boa comunicação e com conhecimentos em desenvolvimento profissional e de aprendizagens, afinal de contas o objetivo principal é entregar atendimento e auxílio ao aluno ou cliente.


Mas a oportunidade neste tipo de serviço não está só nas contratações para atuar em Insituições EAD. Existem também plataformas que permitem ao educador oferecer seus serviços de tutoria ou mentoria nas áreas em que possui maior expertise.


Existem muitas plataformas que conectam quem quer aprender com quem pode ensinar, através da gestão de serviços de agendamento, contratação e pagamentos. Indico algumas interessantes como [A] Mentoria Online, Mentorar, Mentorize e eMentor. Em todas elas é possível cadastrar sua oferta de mentorias e agendar alunos ou clientes de forma segura.

5. Criar sua própria escola virtual


Uma opção para aqueles educadores ou profissionais de EAD que queiram empreender de forma mais arrojada é a criação de sua própria Insituição de Ensino Online.


Criar sua própria escola virtual trará vantagens a longo prazo que garantem maior estabilidade financeira, no entanto, é preciso mais que expertise sobre os temas de ensino aos quais se pretende comercializar. Será necessário estudar sobre marketing, captação de alunos, gestão finaceira, administrativa e tenológica.


Mas não se engane!

Ainda que exista a ótima possibilidade do anywhere office, o trabalho vai ser duro!


Tomar cuidado com as fórmulas milagrosas e com as promessas fáceis dos Gurus do marketing é dica número um para conter a expectativa e colocar os pés no chão!

Um bom estudo de mercado, com um plano de negócios bem feito e algum dinheiro para investimentos iniciais será um diferencial para evitar dores de cabeça, correrias desnecessárias e possíveias quebradeiras.


Para quem gosta de correr riscos calculádos, trabalhando duro para criar solidez no negócio online, saiba que essa é uma aposta interessante devido as possibilidades de escalabilidade ser global. Dá para vender para o mundo todo!


Por isso, em negócios de ensino online, quando o delivery é bem feito, a escolha do modelo de negócios e editoração de produtos tem estratégia, as chances de crescimento e retenção de clientes é muito maior do que em um negócio físico.


 

Gostou das dicas? Quer saber mais sobre o mercado educacional?

Então inscreva-se no site do Mercado EAD para receber conteúdos e avisos de cursos e eventos gratuitos na área!


Leia os artigos da Profa Carolina Savioli no blog do Mercado EAD, e mantenha-se informado e preparado para atuar nos segmentos da Educação Inovadora, EAD, Design Instrucional entre outros do meio educacional digital.

Carolina Savioli

MSc Tecnologias Educacionais

MSc em Inovação Educacional

Especialista em Gestão de EAD

Designer Instrucional Master

Empreendedora Educacional



202 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page